Pular para o conteúdo principal

Programa da Chapa

Nosso trabalho se pautará pela defesa da Universidade Pública e gratuita e por condições apropriadas de trabalho, ensino e pesquisa para @s professor@s doutor@s da USP, cuja excelência acadêmica deve promover, entre outras coisas, a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Propomos-nos, assim, a efetivar um mandato orientado pelos princípios da democracia e transparência na veiculação de informações, bem como no desenvolvimento de mecanismos de discussão e consulta aos/às professor@s doutor@s tendo em vista construir, coletivamente, posições que representem os interesses da nossa categoria de forma independente em relação à administração central. Para tanto, propomos os seguintes eixos da atuação:

  • Defesa do financiamento exclusivamente público para USP, de forma a garantir sua autonomia de pensamento e pluralidade na produção do conhecimento, o que exige, necessariamente, uma gestão democrática e transparente de seus recursos.
  • Defesa de condições de trabalho, ensino, pesquisa e extensão d@s professor@s doutor@s, o que implica, em primeiro lugar, salários compatíveis com a formação d@s docentes da Universidade, bem como garantia da contratação preferencialmente em regime de dedicação integral de trabalho (RDIDP), e sua manutenção, salvo nos casos em que docentes e departamentos tenham acordo em relação à alteração.
  • Defesa da reposição dos "claros" abertos pelas aposentadorias com contratos em RDIDP, de forma que a contratação de substitutos (temporários) não se torne uma política de recomposição do quadro docente.
  • Defesa de avaliações do trabalho docente descentralizadas e não punitivas, de caráter qualitativo, capazes de considerar tanto o conjunto de atividades dos professores (ensino, pesquisa, extensão e gestão) quanto as especificidades de cada área do conhecimento.
  • Combate à criminalização, censura e/ou perseguição política de docentes, estudantes e funcionári@s técnic@-administrativ@s, seja em consequência do pleno exercício do direito de organização e manifestação e/ou da promoção de determinadas atividades de cunho acadêmico-científico com viés crítico e politizador, que também é função da Universidade.
  • Combate à política de eliminação ou precarização de “estruturas” da USP que, para além do atendimento à comunidade universitário e público em geral, também constituem espaços de ensino, pesquisa e extensão, como o HU e as creches.
  • Combate ao machismo, sexismo e racismo e demais formas de opressão e discriminação dentro da Universidade e na produção de conhecimento

Postagens mais visitadas deste blog

Pauta da reunião do CO do dia 29/05/18

Foi marcado para o próximo dia 29 uma reunião extraordinária do Conselho Universitário para deliberar sobre a proposta de reajuste salarial oferecida pelo CRUESP. Segue a pauta da reunião:


Reitoria da Universidade de São Paulo  989ª Sessão
Reunião do Conselho Universitário Data: 29/05/2018  Local: Sala de Reunião do Conselho Universitário  Horário: 14:00 até 18:00 
Itens da Pauta: EXPEDIENTE Apresentação dos novos membros do Conselho. ORDEM DO DIA PROCESSO 2018.1.6995.1.1 - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Discussão da proposta do CRUESP de reajuste salarial para 2018.Ofício do Magnífico Reitor, Prof. Dr. Vahan Agopyan, ao Presidente da COP, Prof. Dr. Dante Pinheiro Martinelli, encaminhando a proposta de reajuste salarial para 2018 para docentes e servidores técnicos e administrativos. Encaminha o conjunto de informações técnicas preparadas pela CODAGE (18.05.18)Parecer da COP: por unanimidade, não recomenda, em termos técnicos, a concessão do reajuste de 1,5% sugerido pelo CRUESP (22.05.18). 

Voto da Representação dos Doutores na Eleição Reitoral

Caros colegas, boa noite!
Depois de passar quase o final de semana inteiro recebendo mensagens perguntando-me como será meu voto enquanto representante dos professores doutores no CO na eleição reitoral de amanhã, faço esta postagem para explicar como decidi meu voto. Lembro a todos que desde segunda-feira última, dia da realização da consulta à comunidade USP sobre a eleição reitoral, está registrado aqui em nosso blog que meu voto seguiria o resultado da consulta, em especial o resultado referente aos docentes.
Antes de mais nada, lamento que a estratificação na contagem dos votos da consulta não desagregue os docentes entre as três categorias: Professor Titular, Professor Associado e Professor Doutor. Na semana passada consultei um dos membros da Comissão Eleitoral, Prof. Oswaldo Baffa, sobre tal possibilidade de estratificação e o mesmo respondeu que o sistema eletrônico do votação não previa tal desagregação, o que tornava impossível fazê-la a posteriori, pois quando o voto de cada…

Eleição Reitoral, Hoje - Consulta à Comunidade, Decisões do último CO

Caros colegas, bom dia!
Nesta segunda-feira, 23/10/2017, a comunidade USP participa da consulta relativa à eleição que formará a lista tríplice a ser submetida ao nosso governador com vistas à Sucessão Reitoral, uma vez a gestão Zago/Vahan esteja chegando ao seu final.
Como todos devem saber, uma vez termos recebidos em nossas caixas postais nas últimas semanas notícias sobre o desenvolvimento da campanha desta sucessão, as chapas candidatas são:
a) Reitor: Vahan Agopyan; Vice-Reitor: Antonio Carlos Hernandes b) Reitora: Maria Arminda do Nascimento Arruda; Vice-Reitor: Paulo Borba Casella c) Reitor: Ildo Luís Sauer; Vice-Reitor: Tércio Ambrizzi d) Reitor: Ricardo Ribeiro Terra; Vice-Reitor: Albérico Borges Ferreira da Silva
Nesta postagem demarco como atuarei nesta eleição, afinal, além da consulta à comunidade USP que acontece hoje, na próxima segunda-feira, dia 30 de outubro, acontecerá a eleição da lista tríplice pela Assembleia Universitária (prevista pelas normativas uspianas). Como sou…