Pular para o conteúdo principal

Parâmetros Financeiros

Caros colegas,

Apesar de estarmos nas vésperas de um feriado prolongado escrevo para reforçar a importância dos documentos referentes à pauta da reunião do CO do dia 7/3.

Destaco em especial o item 1 da pauta - PARÂMETROS DE SUSTENTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, afinal o texto que será deliberado no próximo CO é muito importante, ao tratar de forma inédita a gestão financeira da USP, bem como seu planejamento administrativo de longo e médio prazo.

Desde já registro que pela importância do tema solicitarei vistas ao processo, para assim a comunidade USP tenha tempo para discutir tal texto, e em especial para que as Congregações tenham tempo suficiente para tirarem uma posição sobre tema tão importante. Caso a reitoria aja como das outras vezes que solicitei vistas aos processos, indeferindo todas minhas solicitações, desde já aponto que votarei contra tal medida, afinal tão importante temática deve ser mais amplamente discutida pela universidade como um todo.

Em tempo, agora pela manhã recebi uma mensagem eletrônica do colega Marcílio Alves (suplente da representação dos associados no CO), na qual repassa para todos os representantes de categoria no CO uma nota que enviou para os associados, numa lista mantida por aquela representação. Faço esta divulgação, pois concordo integralmente com a análise realizada por ele, segue abaixo cópia da mensagem, bem como link para uma apresentação de autoria do Prof. Marcílio enviada como anexo à mensagem original.

---------------------------------------------------
Caros colegas

Segue um resumo da proposta da Reitoria sobre a Sustentabilidade Econômica-Financeira da USP (http://migre.me/w79tV) - apresentação Marcílio) e que segue anexo juntamente com o texto da proposta.

A proposta parece implicar no cancelamento da Progressão Horizontal, no cancelamento dos concursos de Livre Docência e no cancelamento de concurso para Professor Titular. Se interpreto errado por favor me corrijam.

Ela também acaba com as negociações salariais.

Pontos positivos da proposta, como uma definição claro do Fundo Patrimonial e sua divulgação, ficam ofuscados pelos itens que apontei acima.

A proposta, deve ser dito, se coaduna muito bem com a Avaliação Docente já aprovada, que oferecerá o ranking necessário para a mudança de regime ou demissão.

O Reitor só não aprovará estas medidas no próximo CO se promovermos reuniões com nossos diretores de unidade e representantes de congregações, convencendo-os a votar contra.

Isto depende de nossa vontade.

É um momento dos mais sérios para a USP e para nossas carreiras.

Saudações,

Marcilio Alves

University of Sao Paulo Associate Professor, Eng.Mec., M.Eng., Ph.D., D.Sc.
Group of Solid Mechanics and Structural Impact www.gmsie.usp.br
Editor-in-Chief Latin American Journal of Solids and Structures www.lajss.org
impact factor 0.85
President International Society of Impact Engineering www.impacteng.org 


---------------------------------------------------

Fico a disposição de todos.
Abraços;
Zé Renato

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reunião do CO, próxima terça, dia 4 de julho, pauta

Caros colegas,
como era de se esperar, uma vez a reitoria não ter realizado a reunião do CO prevista para esta última semana de junho, na noite de ontem chegou aos seus conselheiros a pauta da reunião do CO que acontecerá na próxima terça-feira, às 14hs, na sala do Conselho Universitário localizada no prédio da reitoria na Cidade Universitária.
Faço este post para publicar a íntegra da pauta desta reunião, bem como é praxe neste blog toda a documentação referentes aos processos que integram cada item da referida pauta. Documentos estes utilizados pelos conselheiros como base para cada deliberação.
Por favor, divulguem amplamente. Ainda mais porque nesta reunião há pontos importantes para toda a comunidade USP, pois com a discussão de abertura de novos cursos de graduação e a aprovação da Tabela de Vagas para a FUVEST 2018 a discussão sobre as cotas na USP será retomada. Sendo, ao meu ver, o principal ponto da pauta, que copio abaixo com referidos links para a documentação.
Estou à di…

Pauta da reunião do CO do dia 29/05/18

Foi marcado para o próximo dia 29 uma reunião extraordinária do Conselho Universitário para deliberar sobre a proposta de reajuste salarial oferecida pelo CRUESP. Segue a pauta da reunião:


Reitoria da Universidade de São Paulo  989ª Sessão
Reunião do Conselho Universitário Data: 29/05/2018  Local: Sala de Reunião do Conselho Universitário  Horário: 14:00 até 18:00 
Itens da Pauta: EXPEDIENTE Apresentação dos novos membros do Conselho. ORDEM DO DIA PROCESSO 2018.1.6995.1.1 - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Discussão da proposta do CRUESP de reajuste salarial para 2018.Ofício do Magnífico Reitor, Prof. Dr. Vahan Agopyan, ao Presidente da COP, Prof. Dr. Dante Pinheiro Martinelli, encaminhando a proposta de reajuste salarial para 2018 para docentes e servidores técnicos e administrativos. Encaminha o conjunto de informações técnicas preparadas pela CODAGE (18.05.18)Parecer da COP: por unanimidade, não recomenda, em termos técnicos, a concessão do reajuste de 1,5% sugerido pelo CRUESP (22.05.18). 

Voto da Representação dos Doutores na Eleição Reitoral

Caros colegas, boa noite!
Depois de passar quase o final de semana inteiro recebendo mensagens perguntando-me como será meu voto enquanto representante dos professores doutores no CO na eleição reitoral de amanhã, faço esta postagem para explicar como decidi meu voto. Lembro a todos que desde segunda-feira última, dia da realização da consulta à comunidade USP sobre a eleição reitoral, está registrado aqui em nosso blog que meu voto seguiria o resultado da consulta, em especial o resultado referente aos docentes.
Antes de mais nada, lamento que a estratificação na contagem dos votos da consulta não desagregue os docentes entre as três categorias: Professor Titular, Professor Associado e Professor Doutor. Na semana passada consultei um dos membros da Comissão Eleitoral, Prof. Oswaldo Baffa, sobre tal possibilidade de estratificação e o mesmo respondeu que o sistema eletrônico do votação não previa tal desagregação, o que tornava impossível fazê-la a posteriori, pois quando o voto de cada…